Home BREXIT Brexit, mais um acordo em desacordo!

Brexit, mais um acordo em desacordo!

por Joffre Justino

Os opinionofficial makers falam em um acordo esquecendo que o Reino Unido é o país mais parlamentarizado do mundo  e que a União Europeia  na verdade germano-francesa que é não inspira no Reino Unido qualquer confiança duas guerras mundiais depois … Pelo aue o  já noticiado “chegaram a acordo para o Brexit”, sabe a falso cheira a fake news!

O certo é que Boris Johnson fechou um novo acordo com a União Europeia para o Brexit, mas terá a mesmissima sorte que Theresa May quando fôr a votos no Parlamento britânico.

O “boqueirão” ( é assim também chamado..) Juncker disse, bem fora do tempo “Onde há vontade há acordo – e temos um!”, no Twitter a rede social dos que pensam pouco. E mais disse, “É um acordo justo e equilibrado para a União Europeia e para o Reino Unido e é uma prova da nossa determinação para encontrarmos soluções, …Recomendo que o Conselho Europeu apoie este acordo.”

Vjpsr0BS_bigger.jpg

Jean-Claude Juncker

@JunckerEU

1f1ea-1f1fa.png
1f91d.png
1f1ec-1f1e7.png

 Where there is a will, there is a #deal – we have one! It’s a fair and balanced agreement for the EU and the UK and it is testament to our commitment to find solutions. I recommend that #EUCO endorses this deal.

EHEhN61X4AACpCd.jpg

EHEhN8dWoAA3_8L.jpg

5,352

10:34 AM – Oct 17, 2019

Boris Johnson, seguindo a adjetivação trumpista anunciou que houve “um grande acordo” com a União Europeia para a saída do Reino Unido e acrescentou “Agora, o Parlamento tem de resolver o Brexit no sábado, para que possamos avançar para outras prioridades, como o custo de vida, o serviço nacional de saúde, a criminalidade violenta e o nosso ambiente”, escreveu no Twitter.

jvxgPCmU_bigger.jpg

Boris Johnson

@BorisJohnson

We’ve got a great new deal that takes back control — now Parliament should get Brexit done on Saturday so we can move on to other priorities like the cost of living, the NHS, violent crime and our environment #GetBrexitDone #TakeBackControl

13.8K

10:35 AM – Oct 17, 2019

No entanto ainda antes da reunião com o Brexit em agenda  nesta manhã em Bruxelas o Partido Democrático Unionista da Irlanda do Norte (DUP) já afirmava que não ia apoiar a proposta de Londres sobre as questões fronteiriças e aduaneiras, podição que reforçou depois de se saber que o acordo ia avançar, pois a posição dos unionistas não mudou e o acordo não vai contar com o apoio do DUP, disse a líder do partido, Arlene Foster e como Boris Johnson, que não tem maioria parlamentar, precisa do apoio do DUP para aprovar o acordo no Parlamento britânico, tudo indica que vai acontecer de novo o ja vivido por Theresa May, que sofreu três derrotas quando levou o seu acordo aos deputados.

Mas há mais pois em Bruxelas, o líder trabalhista Jeremy Corbyn, já se mostrou descontente com o novo acordo e num comunicado, o partido Trabalhista defende mesmo que a proposta deve ser sujeita a um referendo.

“Pelo que sabemos, parece que o primeiro-ministro negociou um acordo ainda pior do que o de Theresa May, que foi esmagadoramente rejeitado.”, disse o líder trabalhista que assume que receia que estas propostas reduzam os direitos e garantias, “colocando a segurança alimentar em risco, cortando os níveis ambientais e os direitos dos trabalhadores e abrindo o serviço nacional de saúde à aquisição por empresas privadas americanas”.

Corbyn considera que o acordo “deve ser rejeitado” que “a melhor forma de resolver o Brexit é dar às pessoas a palavra final numa votação pública”, isto é venha o referendo de novo! 

Brexit? 

Tudo na mesma enfim! 

Joffre Justino

Imagem destaque: Lusa 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.