Home África Adalberto da Costa Jr

Adalberto da Costa Jr

por Joffre Justino

“Os documentos que 

certificam a renúncia 

de Adalberto Costa 

Júnior à nacionalidade 

portuguesa estão em 

sua posse desde as 

últimas horas de sexta-feira,

estando,àpartida, 

ultrapassado o empecilho à 

sua candidatura à 

presidência da UNITA. 

A garantia foi dada, ontem, 

à imprensa, em Luanda, pelo 

candidato, no final do acto 

que marcou a abertura da 

sua campanha eleitoral.”

( in Jornal de Angola)

Num pais onde a esposa de um dos pais da Patria, Agostinho Neto, anuncia que o seu marido nasceu em Cabo Verde e onde o seu segundo PR terá, segundo muitos, nascido em Sao Tomé e Principe, num país onde o seu, pelo menos terceiro / segundo partido fundador  a UNITA teve durante mais de 20 anos milhares de militantes seus em Portugal, fica bem estranha esta reivindicação sectária que tanto Nelson Mandela como Obama cada um à sua maneira desfizeram e denunciaram como um erro racista 

O primeiro recusando a campanha fanática de Winnie Mandela e o seu grupo do ANC pela expulsão dos brancos da Africa do Sul e o segundo, sendo filho de um

Queniano e sendo mestiço foi eleito duas vezes PR na maior potencia do Mundo ! 

Temos na verdade uma simpatia particular pela candidatura de Adalberto da Costa Jr a Presidente da UNITA porque o conhecemos no combate pela Democracia a liderar a delegação de Lisboa, depois a de Roma e a ser bastante ativo na Comissão de Justiça, Paz e Reconciliação em Angola, CJPRA e porque mum conflito entre ele e Carlos Morgado mediámos o mesmo junto do dr Savimbi em favor dos dois tendo tal mediação estado na ida de Adalberto para Roma 

Se ainda estivessemos na UNITA estariamos entre Numa e Adalberto mais inclinados para este até pelos apoios de base que mostra ter e pelos quadros que juntou a começar pelo fundador da UNITA Samuel Chiwale, ou o Urbano Chassanha e o Emanuel 

Está do nosso ponto de vista em jogo a democratização de Angola algo que João Lourenço iniciou mas, cercado que está pela extrema direita santista ainda com demasiada influencia dentro do MPLA, muito dificilmente conseguirá vencer.

E claro que o dinamismo conhecido de Adalberto da Costa Jr trará grande vantagem a este partido preso, que esteve durante 17 anos seguintes à derrota militar imposta pelas petrolíferas  e à morte do leader fundador Jonas Savimbi, faltando-lhe somente sair desse vazio ideológico em que viveu desde que foi amarrado à Direita global e regressar ap socialismo humanista de Muangai ocupando o espaço deixado vazio por um MPLA que se encostou de motu proprio ao neo liberalismo ultradireitista 

Só esse recentrar da UNITA na Esquerda Democrático dará credibilidade a um leque partidário angolano sem luz nem cor 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.