Home Cidadania Na estrada, se conduz, não use equipamentos distrativos

Na estrada, se conduz, não use equipamentos distrativos

por Nardia M

A distração é um dos fatores maiores para os acidentes rodoviários e acidentes rodoviários os provocados pelo uso do telemóvel ao volante, são responsáveis é conhecido por 32% dos desastres nas autoestradas portuguesas, indicou hoje a Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagem, APCAP, sendo que o uso da tecnologia, como telemóveis e soluções multimédia dos automóveis, aumentaram os acidentes quase 10% no ano passado em relação a 2017.

Esta associação precisa que já em 2017 cerca de 23% dos acidentes foram provocados por distração, um aumento de 7% relativamente ao ano de 2016.

O relatório de 2018 da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) relativo à sinistralidade rodoviária, incluindo vítimas no local do acidente, a caminho do hospital e no hospital nos 30 dias após o acidente, indica que se registaram 675 vítimas mortais, o número mais elevado desde 2012.

Em relação a 2017, o número de mortos nas estradas em 2018 aumentou 12,1%, com mais 73 vítimas mortais registadas.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.