Home Direitos Humanos Antonio Costa, e o Direito à Greve?

Antonio Costa, e o Direito à Greve?

por Joffre Justino

O caso Tancos dilacera o PS, porque o PS não questiona o papel do PR neste mesmo caso, que envolve claro o seu chefe da Casa Militar.

E, repito da Casa Militar e não dos Serviços de Limpeza e Manutenção do Palácio presidencial, mostrando à evidencia o caráter politico militar do caso Tancos, por muito que PGR procure esconder que até houve, não droga mas sim terrorismo à vista. 

Mas, Antonio Costa, cada um trata como quer e pode o que o envolve, e por tal assumimos no Estrategizando dando seguimento a noticia da RTP – o presidente da Antram anda, ou não, a pôr em causa o Estado de direito, e o que resta de democracia económica, ao querer, e ou ameaçar de despedimento quem fez a greve dos motoristas de material perigoso? 

Tratando-se, ainda por cima de um ambiente socio laboral altamente sensível, será possível admitir sem intervenção esta violência sobre quem praticou um mero direito – o da greve? 

O PM socialista de Portugal, o secretário geral do PS, que espera para agir pondo fim a esta comprovada violação de um direito basilar – o direito à greve? 

A não ser que o PM não queira que o PS tenha a tal maioria fortalecida ele só pode tomar posição em favor do direito à greve e contra todo o tipo de violações da mesma 

Joffre Justino 

Imagem destaque: Lusa 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.