Home Ambiente Furacão Dorian, a fúria da Natureza …

Furacão Dorian, a fúria da Natureza …

por Antonio Sousa

…. Que já originou mais uma gaffe de Trump que empurrou este furacão até Alabama, EUA, aldrabando, desta vez, um mapa, leva a que a ONU informe que enviará “em breve” oito toneladas de alimentos para as Bahamas

Entretanto terão morrido pelo menos 20 pessoas já confirmados depois da passagem do furacão pelas Bahamas tendo o Dorian já deixado um rasto de destruição nas cidades de Abaco e Grand Bahama.

Por isso as Nações Unidas vão enviar “em breve” oito toneladas de alimentos para as Bahamas, devastadas pelo furacão Dorian, estimando o Programa Alimentar Mundial (PAM) que mais de 60.000 pessoas precisam de comida das 76.000 que necessitam de apoio, um sério drama na verdade. 

“As projeções realizadas imediatamente antes do impacto do ciclone indicam que mais de 76.000 nas Ábaco e na Grande Bahama poderão precisar de comida ou de ajuda humanitária”, indicou um porta-voz daquela agência da ONU, Herve Verhoosel.

O PAM calcula que 14.500 pessoas terão necessidade de ajuda alimentar nas ilhas Ábaco e 45.700 outras na ilha Grande Bahama.

“Os primeiros resultados são esperados a partir de sábado e poderemos confirmar ou corrigir as previsões das necessidades”, adiantou Verhoosel à agência France-Presse, mas entretanto o PAM já adquiriu oito toneladas de alimentos que serão transportados “em breve” para as Bahamas e nos próximos três meses serão enviadas 85 toneladas.

O secretário-geral-adjunto para os Assuntos Humanitários das Nações Unidas, Mark Lowcock, indicou na quarta-feira que a ONU tinha desbloqueado um milhão de dólares (cerca de 906 mil euros) do seu fundo de emergência para prestar os primeiros socorros aos afetados.

O furacão enfraqueceu para a categoria 2 – embora continue com ventos de 175 quilómetros por hora – e encontra-se a 75 quilómetros da cidade norte-americana de Charleston, na costa da Carolina do Sul, segundo os últimos dados do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla inglesa).

E não falemos claro da emergência do drama climático … na retaguarda destes todos Dorian 

Antonio Sousa

Imagem destaque: Lusa 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.