Home Economia Por onde tem andado a ACT, sr ministro do Trabalho?

Por onde tem andado a ACT, sr ministro do Trabalho?

por Antonio Sousa

Dissemo-lo n vezes e a greve dos Motoristas de matérias perigosas mostra-o à evidência – a ACT, Autoridade para as Condições de Trabalho, não existe, pagando ordenados aos seus diretores e funcionários , não existe!

Assim “Estão 100% dos trabalhadores a trabalhar”, afirmou o porta-voz do Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, em Aveiras de Cima, Lisboa, à porta da sede da CLC – Companhia Logística de Combustíveis.

“Neste momento, o que se passa é uma greve de zelo e o Governo é conivente”, referiu Pardal Henriques hoje, explicando que os motoristas não irão fazer horas extraordinárias, estando a cumprir as oito horas regulamentares de trabalho, “Isto quer dizer que fazem cerca de metade das horas normais”, portanto “é normal que os serviços mínimos representem metade do serviço normal”, adiantou o contestado pela Antram, Pardal Henriques e contestado por relevar o obvio – não se fazem 40h por semana em Portugal, nada disso.

E porque na requisição civil como ja nos serviços mínimos se cumpriam e cumprirão as 40h semana, 8 horas dia legais, “aos poucos, os postos de abastecimento vão ficar vazios”, porque urge completar os postos de trabalho que a ANTRAM não deixa que existam e  com esta greve foi-se pondo o dedo na ferida postulenta da ANTRAM! 

Apesar de “esta manhã estar tudo a correr com normalidade”, os militares da GNR continuam a escoltar os camiões-cisterna que saem dos vários locais para abastecer os postos, disse à Lusa uma fonte daquela instituição.

Na segunda-feira, a associação das empresas ANTRAM elogiou a decisão do Governo, considerando-a “socialmente responsável”, segundo afirmou o porta-voz André Matias de Almeida… o que não é nada socialmente responsável é por-se um motorista a fazer 12, ou 14, ou 16 horas a conduzir um camião com matéria perigosa! 

Onde anda a ACT sr ministro da (escravatura) do Trabalho! ?  

Antonio Sousa 

Imagem destaque: Lusa 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.