Home China Falem de mim, falem de mim, mal ou bem, mas falem de mim…! ( a Huawei )

Falem de mim, falem de mim, mal ou bem, mas falem de mim…! ( a Huawei )

por Joffre Justino

É o marketing oh Trump quanto mais atacares a RPChina e a Federação Russa mais mercado as organizações deste país conquistarão.  

Agora foi o exemplo da Huawei atacada que foi pelos EUA de Trump que apesar de empresario se esquece da lição de marketing que titula este texto.

Assim ela anunciou hoje que as vendas no primeiro semestre do ano tiveram um aumento homólogo de 23,2%, para o equivalente a 52.333 milhões de euros, apesar dos ataques de Trump ou melhor à custa das tentativas de boicotar a gigante chinesa das telecomunicações para serviço das americanas do setor.

Nos primeiros seis meses de 2019, a Huawei vendeu 118 milhões unidades de diferentes produtos, incluindo uma subida homóloga de 24% nas vendas de telemóveis um ritmo de crescimento superior ao registado na totalidade de 2018, de 19,5% e ainda assim o presidente da Huawei, Liang Hua, admitiu, no entanto, que as vendas sofreram “algum impacto” desde que Washington impôs restrições à empresa, mas não avançou mais detalhes, o que sinceramente duvidamos.

Os Estados Unidos de Trump decidiram acusar esta maior fabricante mundial de equipamentos para firmas de telecomunicação e Internet de cooperarem com os serviços secretos chineses como se não acontecesse o mesmo em todas as organizações do setor cada uma para um ou varios países sendo certo que só a Austrália, a Nova Zelândia e o Japão aderiram aos apelos e restringiram a participação da Huawei.

Certamente para não humilhar ainda mais os trumpistas ( nunca se sabe do futuro..) Liang disse que a Huawei evitou interrupções na produção e vendas, mas ressalvou que continua a ter “dificuldades pela frente”, no segundo semestre do ano.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.