Home Direitos e Deveres O pacote vieiradasilva e o desastre laboral

O pacote vieiradasilva e o desastre laboral

por Joffre Justino

No país com a mais elevada taxa de concentração da riqueza, da UE. com dos salários mais baixos da UE, com os mais baixos índices de responsabilidade social das organizações,  com a mais frágil democracia económica,  é obvio que só podia acontecer isto – o líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, a dizer que o seu partido irá viabilizar as mudanças às leis laborais, apresentadas a debate na Assembleia da República, por um dos ministros que foi recentemente atacado pelo PSD pelas imposições da sua família nos cargos de poder, Vieira da Silva pois o que importa é a precariedade laboral!

Claro que o “se”, não de kipling claro, mas o apoio da concertação social está garantido, pela santa coligação vieirista/ patronato/ UGT então, “O PSD apoiará qualquer proposta, seja do PS seja de outro partido, desde que ela tenha o apoio da concertação social. É esse o princípio do PSD nas leis laborais”., sabendo-se o que é essa concertação anti Trabalho

Fernando Negrão afirmou-se favorável, em termos muitos genéricos, a soluções nesta legislação que sejam as “mais adequadas para o mercado de trabalho”, matéria que visivelmente desconhece, por nem saber que a redução do desemprego se deve à imigração da geração portuguesa mais qualificada de sempre e que a inovação tecno digital gerará a perda de dezenas de milhar de postos de trabalho no pais 

Desta forma, diz a Lusa que a 27 de junho, no grupo de trabalho que está a discutir esta legislação, os deputados do PS e PSD aprovaram até o alargamento do período experimental de 90 para 180 dias para trabalhadores à procura de primeiro emprego, e desempregados de longa duração, mas a norma travão proposta pelos socialistas foi chumbada para que o sofrimento, a instabilidade, laboral seja assim, clara, nuinha!

Enfim, no plano laboral este é o portugalinho país da surreal “alicedopaísdasmaravilhas”, onde só saem da cartola coelhos falsos !

Joffre Justino

Imagem destaque : Lusa

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.