Home América Latina Venezuela: Uma negociação difícil

Venezuela: Uma negociação difícil

por Nardia M

Delegados do chefe de Estado venezuelano Nicolás Maduro e do dito presidente interino Juan Guaidó, reuniram-se ontem em Oslo para iniciar o difícil debate sobre a crise na Venezuela. O encontro terminou sem avanços e – para vergonha nossa – o líder da oposição disse confiar na mediação norueguesa e não nas ibéricas. 

“Este encontro terminou sem acordo”, informou Guaidó. “Mas estamos dispostos a continuar junto” à Noruega neste esforço, destacou em um comunicado do opositor, há quatro meses reconhecido como presidente interino por cerca de 50 países.

A mediação norueguesa é impopular nas fileiras da oposição e Guaidó afirmou inicialmente que todo diálogo deve desembocar na saída de Maduro e na convocação de eleições. 

Mas o líder da oposição parece ter atenuado sua posição sobre a participação de Oslo nas discussões “As partes mostraram sua disposição de avançar na busca de uma solução acordada e constitucional para o país, que inclui temas políticos, econômicos e eleitorais”, indicou o ministério norueguês das Relações Exteriores em um comunicado.

País anfitrião do prêmio Nobel da paz e onde israelenses e palestinos negociaram os acordos de 1993, a Noruega tem uma longa tradição mediadora. Um dos exemplos mais conhecido é o do bem-sucedido processo de paz entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em 2016.

Aguardemos pois por bons resultados para os Venezuelanos.

Nardia M.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.