Home Opinião Segunda dose de fascismo brasileiro agora em Portugal ?

Segunda dose de fascismo brasileiro agora em Portugal ?

por Joffre Justino

O PR Marcelo Rebelo de Sousa, na linha do apoio à posse de Bolsonaro ( o único chefe de estado da UE  que la foi) acompanha a abertura do Fórum Jurídico, na Universidade Clássica de Lisboa, antes da intervenção do ministro da Justiça brasileiro, Sérgio Moro, o fascista que ilegalmente mantém Lula preso no Brasil.

À abertura do VII Fórum Jurídico de Lisboa, segue-se a primeira conferência, com Sérgio Moro, a partir das 09:45, vai intervir no painel “O Estado democrático de Direito e o combate à criminalidade organizada e à corrupção” tema que esconde as ligações públicas de Bolsonaro e sua familia aos famosos milicianos, quadrilhas de gangsters que dominam bairros inteiros de Brasilia, de Sao Paulo e do Rio de Janeiro. 

Numa encenação internacional de esconde-esconde da fascização do Brasil ao longo de três dias, a politica internacional trumpista dominará Lisboa com entre outros, o presidente do senado do Brasil, Davi Alcolumbre, o presidente da câmara dos deputados brasileira, Rodrigo Maia,  e claro as “flores” como o presidente do Supremo Tribunal de Justiça de Portugal, João Otávio de Noronha, e o diretor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Pedro Romano Martinez uma absoluta vergonha para Portugal

Com a Comissão dos Direitos Humanos da ONU a pôr em causa a Justiça hodierna brasileira o PR portugues alimenta com este seu estranho  empenhamento nada democrático, a fascização do maior país de Lingua Portuguesa.

Foto de destaque: LUSA

Joffre Justino

0 comentário
1

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.