Home Cidadania Inovação e Arte em Viana do Castelo

Inovação e Arte em Viana do Castelo

por Nardia M

João Rodrigues, um aluno do mestrado em Design Integrado do  da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG), politécnico local criou esta primeira guitarra elétrica com o corpo em cortiça expandida do mundo e a mesma vai ser apresentada num concerto em Viana do Castelo.

Como refere João Rodrigues “Quando iniciei o projeto fiz uma pesquisa exaustiva e não encontrei, no mundo, nenhuma guitarra elétrica feita em cortiça expandida. Em Portugal há uma, mas em cortiça natural”, explicou João Rodrigues, o autor do instrumento cujo som se vai fazer ouvir na sexta-feira, na capital do Alto Minho.

É pois um projeto “pioneiro” de um  jovem de 24 anos, de Viana do Castelo, e necessitou  de dois anos para ser desenvolvido, em um “desafio” começou quando o designer e músico iniciou a dissertação de mestrado em Design Integrado, sob a orientação dos professores ErmannoAparo e João Abrantes.

Com um ano de  investigação académica e  outro para conceber o instrumento, que “apresenta características particulares como a leveza, devido ao facto de 75% do seu corpo ser em cortiça expandida”, sendo de referir que “A cortiça expandida é feita a partir da reutilização da cortiça natural, como por exemplo as rolhas das garrafas. Essa cortiça é queimada e serve de revestimento para fachadas de edifícios, para isolar calor e som. Decidi aplicar o material à guitarra elétrica para dar uma nova portugalidade ao instrumento”, referiu João Rodrigues e assim “a guitarra fundiu-se entre técnicas empíricas do artesanato português e a alta tecnologia da produção industrial”, com a produção a envolverdez empresas do Norte do país e da Galiza.

“A cortiça expandida é um material que ainda não é muito comercializado. Foi essa a minha aposta para me afastar da imagem normal e conceber um instrumento mais original”, realçando João Rodrigues que “a cortiça é veiculadora da identidade portuguesa e transmissora de valores sustentáveis e ecológicos”.

O projeto envolveu empresas de instrumentos musicais, a empresa Amorim corticeira, uma companhia espanhola de compósitos e outras empresas da região do Minho e o processo produtivo teve ainda a parceria da Escola Profissional Artística do Alto Minho (ARTEAM), nomeadamente, do professor de guitarra, Carlos Ribeiro.

O exemplar a “sério” (depois do protótipo) já experimentado pelos músicos Miguel Araújo, João Só e Tatanka,  é o  que será publicamente apresentado num concerto, no dia 12, no centro cultural de Viana do Castelo.

Nasceu também com esta iniciativa  este ano, uma marca lançada por João Rodrigues e por um colega, formado em gestão a quem, entretanto, se associou, a empresa Mai´land Guitars que já tem encomendas, como a produção de mais uma guitarra e de baixo elétrico, com preço de venda de mil euros cada, e de várias malas, feitas do mesmo material para transporte de instrumentos musicais.

Indo mais longe esta iniciativa empresarial “Para além de vender guitarras, o projeto empresarial prevê a reciclagem de madeira e a reflorestação das florestas com uma árvore tão rica como o sobreiro pelo que, por cada guitarra vendida, são plantados 10 sobreiros”, especificou ficando assumido uma vertente de apoio  ao Ambiente e à florestação 

No concerto, a guitarra elétrica de cortiça expandida será acompanhada por um trompete desenvolvido pelo professor do IPVC, ErmannoAparo, que alia a arte da filigrana à metalomecânica com uma empresa da Póvoa de Lanhoso a produzir os anéis do trompete, feitos em prata, utilizando a técnica da filigrana portuguesa. Já os moldes, em aço, para a campânula e para outros componentes do instrumento, foram produzidos por uma empresa de metalomecânica de Viana do Castelo, que faz peças para a construção naval. Produzido em cobre por Francisco da Cunha Liquito, um artesão de Caminha, o “Almada Trumpet”, como foi batizado, está avaliado em oito mil euros.

Foto de destaque: radioaltominho.pt

Nardia M.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.