Home Brasil Jean Wyllys em Lisboa

Jean Wyllys em Lisboa

por Joffre Justino

Numa fila que ia da Casa do Alentejo até à zona dos Restauradores partindo pois do espaço onde decorreria a Conferência de Jean Wyllys, pode-se dizer que, como com Hadda,d a ligação à Esquerda entre portugueses e brasileiros é fortíssima e está para além dos partidos, pois à porta na imensa fila estava também a líder em Portugal do PT, apesar de Wyllys ser do PSOL, que com vários militantes distribuiu um comunicado de solidariedade com este exilado político um eleito do povo do Brasil e ameaçado de morte pelos fascistas brasileiros.

Pode-se dizer que foram bem mais de 1000 as pessoas que estiveram horas à frente ou dentro da Casa do Alentejo, em Lisboa, para ouvir o deputado e ativista brasileiro Jean Wyllys numa conferência.

Já antes das 17:00 e cerca de 300 pessoas enchiam a Rua do Jardim do Regedor fazendo fila desde a porta da Casa do Alentejo até aos Restauradores para ouvir o Wyllys proferir a Conferência “Porque se exilar do Brasil hoje?”.

Fora e somente a uns cerca de 50m e não mais Wyllys era aguardado por uma vintena nunca mais de militantes do fascista Partido Nacional Renovador, PNR, que com um fraco megafone mal eram ouvidos e em geral gerava uns Fascismo Nunca Mais ou slogans recordando Marielle e outros militantes assassinados pelos vários regimes fascistas e ou autoritários.

Enquanto alguns ridicularizavam as péssimas relações de Bolsonaro e a pequena vintena de fascistas la iam entrando os que conseguiram caber na sala e mal viram Wyllys que foi exageradamente protegido até contra sua vontade como nos disseram alguns presentes que recordavam os conflituais tempos de 1975 onde saudavelmente tudo se resolvia nos debates de rua.

Foto de destaque: LUSA

Joffre Justino

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.