Home Opinião E os direitos dos doentes, Srª Cristas?