Home Ficção Presos? Para quê? Tudo bons rapazes!

Presos? Para quê? Tudo bons rapazes!

por Joffre Justino

Um acusado de corrompido levou sem remissão e sem julgamento 11 meses de cadeia “para aprender”, outros levam pena suspensa e uma multinha que em nada lhe retira da fortuna. Os anos do roubo generalizado no cavaquistao  e o polvo presente !

É bom jogar em equipas assim, que nunca perdem porque o árbitro lá está para dar uma mãozinha e o polvo sempre atento.

A acusação foi falsidade informática e falsificação de documentos porque nem podia ser fraude, se fosse era com os costados no xadrez e claro vai uma multinha de 400 mil euros a uma IPSS, porque o Estado, isto é, nós só ficamos a arder com os impostos desviados.

Um outro ex-administrador levou dose semelhante, quatro anos e três meses de pena suspensa na sua execução e vai dar um mês da sua remuneração 25 mil euros a uma associação, porque para não ser fraude foi falsificação de documentos e falsidade informática!

Um  outro dos antigos administradores, leva três anos e seis meses de prisão, mas a pena suspensa dando meio mês de salário, 15 mil euros a mais uma associação.

Um Outro, do conselho de administração, tem direito pelos mesmos crimes a um ano e nove meses de pena suspensa, e o ex-administrador foi condenado a um ano de cadeia por falsidade informática, estando obrigado ao pagamento de uma multa de 5,4 mil euros.

Para quê esperar justiça, se ela está assumida de classe, neste país onde a (in)justiça impera?

Por cá usam-se as pessoas, a sua boa fé, saca-se o taco em grupo e nem associação criminosa se leva para casa, se de banqueiro se tratar – esses banham-se na piscina da quinta no verão e no inverno num qualquer paraíso fiscal sempre à beira mar plantados!

*) Qualquer semelhança com a realidade  é pura ficção e o polvo até é dos seres mais inteligentes deste planeta.

 

Joffre Justino

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.