Home Cidadania Nicolas Maduro na ONU denuncia a violência anti Venezuelana

Nicolas Maduro na ONU denuncia a violência anti Venezuelana

por Joffre Justino

O presidente Nicolás Maduro, acentuou que nesta quinta-feira 27 a Venezuela levou à Assembléia Geral da ONU a voz de um povo digno que não se rende diante das agressões imperialistas vindas dos EUA.

 

No Twitter, Maduro assegurou que os venezuelanos são ‘herdeiros de Bolívar e de toda uma geração de libertadores que cumpriram a proeza de fundar as repúblicas independentes de nossa região’ e acentuou que seu país está a ser submetido a uma agressão econômica e política ilegal com o objetivo de destruir o processo da revolução democrática.’

 

A Venezuela é submetida a uma ilegal agressão econômica, ideológica, política e diplomática. Por que? Por levantar um projeto autônomo de revolução democrática, baseado na sua identidade nacional e por ser a primeira reserva mundial de petróleo, entre outras riquezas naturais’, afirmou este dirigente venezuelano.

 

Já no seu discurso na ONU, este chefe de estado eleito democraticamente expressou que a Venezuela está a ser atacada diplomaticamente e denunciou que ‘se orquestra uma ofensiva feroz em todos os organismos do sistema das Nações Unidas’ contra o seu país.

 

Joffre Justino

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.