Home África Dois dólares por cada barril de petróleo na conta do JES desde 1975.

Dois dólares por cada barril de petróleo na conta do JES desde 1975.

por Antonio Dores

Fontes próximas do ex Presidente da República José Eduardo dos Santos informou-nos que o ex chefe de Estado Angolano, Comandante em chefe das Forças Armadas Angolanas, Eng. JES, ganhava em cada barril de combustível 2 dólares, independente do preço do barril no marcado internacional.

O JES pode ter em sua posse uma fortuna aproximadamente de 20 mil biliões de dólares, dinheiros públicos que foi ganhando ilicitamente quando colocava o angolano contra o seu próprio irmão, lutando guerrilhas sem motivos, tudo para proteger seu poder e interesses, dos filhos e amigos.

Os milionários de Angola não passam um número de 50 famílias, todas, com ligações íntimas com o Sr JES atual presidente do MPLA que deixa o cargo até Setembro.

Gostaria saber em 1975 qual é o Angolano ou família que eram ricos? Bastou a guerra civil para homens e mulheres conseguirem de forma ilícita aproveitar-se atrás da vida de muitos cidadãos angolanos e não só que faziam frente aos grandes e graves conflitos que deixou o país completamente sem infraestruturas, como alegam muitos dirigentes do MPLA em referência o professor Universitário e Deputado a Assembleia Nacional João Manuel Francisco Pinto.

Enquanto uns eram motivados para lutar para se ser bons patriotas, umas poucas famílias faziam a divisão das terras, dos recursos, das indústrias e dos contratos internacionais.

Depois de 38 anos frente ao destino dos angolanos o que restou para nós?
Nem vias de acesso o nosso país tem. É em grave estado de degradação, continuam a apresentar nas mídias sobre os orçamentos das estradas, mas ninguém nunca teve coragem de vir explicar como encontram os empreiteiros que fazem em péssimas condições as vias de acesso.

Agora ha pouco vimos o ex Ministro da Saúde José Van-dunem a assumir publicamente que foi responsável pelos 400 mil dólares que eram para o combate e prevenção da malária que matou mais de 20 mil famílias em todo país, e que hoje infelizmente, continua a fazer mas vítimas, como o caso da Lunda Norte que morriam em média dez crianças por dia, Luanda, Benguela e Kwanza Sul.

Uíge continua o surto da malária que infelizmente cefa a vida de 3 á 5 crianças por dia. O registro que tomou conta a visita dos Deputados da comissão da Assembleia Nacional a quando na terça-feira foram em contacto com a realidade daquilo que se passa nos hospitais, foi de lamentar. Duas mãe que foram dar luz a sua criança dormem numa e única cama por falta de mas camas! Falta de assistência médica e medicamentosa é um dos grandes problemas que deixa qualquer Angolano em dúvida sobre a dignidade e direitos humanos de que tanto ouvimos falar pelos órgãos de comunicação social.

Os Deputados lamentam, mas que também são todos vítimas, os deputados não vivem em convivência, liberdade e democracia. Não é possível haver convivência plena enquanto não se aceitar opiniões diferentes.

Numa conversa com um dos Deputados que fez parte da visita, incentivou a necessidade de haver em Angola uma joventude séria, que possa fazer associativismo no seu verdadeiro sentido, e não uma juventude com objetivos supérfluos como tem sido! Os jovens queixam de de desemprego, são os que mas sofrem, dentro de tudo isso basta uma cerveja de quem está no poder é o suficiente para esquecer os seus problemas e a que o rodeia para uma outra ocasião que, ocasião está que nunca chega.

JES, deixa para Angola uma joventude com grande remorso ao desenvolvimento, uma juventude que agradece quando lhes levam aos shows de mata aula por General e empresário da juventude em vestes de Secretário Nacional para Mobilização Urbana do MPLA, que faz a sua mobilização na modernidade de festas com pé no ar etc…

Deixa ainda para Angola um dos piores sistemas de educação, onde o licenciado em economia não sabe quanto o país ganhou e ou perdeu durante o ano, juristas mascarados que esperam tudo do chefe recebem processos com sentenças já orientado.

Onde está os responsáveis pelas mortes dos cidadãos da Lunda os tchokwes e furtos de diamante deste soberano povo? O caso Kalupeteka onde estão cadê os responsáveis pelo o massacre dos cidadãos e crianças que estiveram no local?

Conforme dizia o Raúl Danda; para o sofrimento somos todos cidadãos e devemos apertar os cintos?
JES, ensinou aos Angolanos a fábula do cabrito e aqui o sito;

#O_cabrito_come_onde_esta_amarado! Deixou nos um país de quem é mais forte, onde o taxista se entende com o polícia.

O MPLA sob liderança do seu lider enviado por Deus José Eduardo dos Santos, formou governantes mágicos, milionário com 10 anos de trabalho ao serviço do povo. Desviam aviõ em pleno século XXI no aeroporto internacional 4 de fevereiro mas que até aqui não se sabe ao certo como isso foi possível.

Houve casos em que se prendeu milhões de dólares dentro de pasta no aeroporto internacional 4 de fevereiro mas que até aqui não se sabe quem são os donos e onde foram parar. Prendeu se um contentor cheio com cocaína, falou se rápido na imprensa criminosa TPA, mas que desde lá para cá não se sabe ao certo qual é o tratamento que se deu ou está sobre a essa investigação, tudo quanto eu sei é posso garantir que essas manobras no nosso país só pode ser um show de quem detém o poder.

Portanto a passividade por parte dos jovens Angolanos acabou. JES será um pesadelo lembrá-lo, destruíram o nosso, venderam o nosso país e compraram eles mesmos.

Por isso o João Lourenço apesar de estar ainda com óculos de madeira, só apostou naqueles que o MPLA de JES afastou e descriminou durante alguns anos.

Antonio Dembo

Foto de destaque:  jbdodane – Visual hunt / CC BY-NC

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.